Tudo na vida é questão de um “vá”

slide-22
Coaching Para Empreendedores – Como funciona?
2 de Junho de 2017
homem-caminho-borracha
17 perguntas para ajudar você a atingir suas metas
12 de Junho de 2017

Tudo na vida é questão de um “vá”

download (2)

Tudo na vida é questão de um “Vá”. Pais, educadores, companheiros, amigos, gestores, todos têm uma parcela de contribuição na vida das pessoas. Observe: qual matéria você mais gostava e mais se desenvolvia no colégio/na faculdade? Muito provavelmente é a matéria que o professor em algum momento utilizava você como exemplo com palavras positivas. Seu relacionamento é fruto de patrocínio positivo? Casos de separações definitivas e até mesmo relações extraconjugais muitas das vezes têm raiz numa falta de comunicação e em desvalorização do outro. Sabe aquele gestor que ninguém gosta, só os bajuladores? Veja como ele é negativista. Qual filho/pai/mãe você mais se identifica? Provavelmente é aquele(a) que está mais próximo(a) e que cultiva mais o diálogo positivo.

Certa vez publiquei uma foto minha nas redes sociais, de uma grade ao lado de uma âncora apoiada numa parede descascada, com seguinte legenda: “O que te puxa para baixo é também o que te prende.” Precisamos ter cuidado com o que nos prende. Para estarmos presos, basta estarmos frágeis, afinal o que é um corpo livre com uma mente presa?

Quantos talentos continuarão sendo perdidos com pais que por mais que vejam seus filhos inclinados para determinada atividade, os forçam a seguir seus passos e as suas imposições, seus medos e suas frustrações? Atitudes essas que podem ser reflexos de criações dos pais dos seus pais. Friso bem na infância e na adolescência, pois é quando o ser humano está em sua fase de construção, quando não há ainda nenhuma proteção contra o que se é dito e imposto. Paga-se um preço caríssimo ano após ano, com juros de cheque especialmente assinado em branco.

“Vá, se é o que você tanto quer, vá e faça, eu te apoio, nem que seja com uma palavra”.  Quantas vezes você já escutou isso de alguém próximo? Quantas vezes você precisou apenas de um “Vá” para tomar determinada atitude? Com isso não digo que é para deixar a vida nas mãos das pessoas não. Sem o vá também podemos estar decididos e firmes nas nossas intenções, porém com ele, tendemos a ir com mais força, com mais potência e com mais combustível, sem medir tempo, velocidade e distância. O interior forte não permite que o exterior invada seu espaço.

E o vá que nos damos? Ah! Esse, quando consolidado é mais potente do que qualquer siga. Podemos até pagar a multa pelo excesso de força e velocidade, porém seguimos com a consciência tranquila de que era o melhor a ter sido feito. Para você que acredita, mantenha em silêncio seus projetos, sonhos e desejos e antes de agir, ore e peça clareza nas suas atitudes.

Quando o seu coração estiver falando tão alto que o seu cérebro não consiga cobrir, siga as batidas da sua vontade, olhando sempre para frente, pois não é à toa que para-brisa é muito maior do que retrovisor.

 

Autor: Lucas Nery



  • - Profissional de Marketing/Vendas - Coach Vida & Carreira - Analista Perfil Comportamental - Palestrante - Criativo, analista, objetivo e focado