Como leis, princípios e valores afetam sua vida

homem-caminho-borracha
17 perguntas para ajudar você a atingir suas metas
12 de Junho de 2017
O_PODER_DO_COACHING
Quando e por que recorrer ao Coaching?
17 de Julho de 2017

Como leis, princípios e valores afetam sua vida

coaching-through-facts-and-opinions

 

Embora tenham significados distintos, as leis, os princípios e os valores estão interligados e podem ter diversas aplicações. Mas vamos usar aqui uma definição mais independente, sem uso de complexos recursos literários ou acadêmicos.

LEIS

As leis são dispositivos criados para manter a ordem mínima nas instituições, nos grupos ou na comunidade, mantendo a civilidade, os valores e os princípios estabelecidos. A falta de leis gera caos e desordem. As leis podem ser legítimas ou arbitrárias. Podem ser de caráter temporário, perene, complementar ou provisório. Quando baseadas em princípios universais são sempre legítimas e benéficas. Alguns exemplos são as leis do trânsito, a constituição e as leis municipais.

Ainda existem as regras, que são acordos mútuos que estabelecem direitos e deveres para negócios, educação, cidadania, civismo, família e trabalho com base na moral, ética, juízo e verdade. Podem ser tácitas ou explícitas. Alguns exemplos: regras de jogo, contrato, concurso e convivência.

PRINCÍPIOS

Princípios são leis que regem o universo, como a gravidade, o tempo, o eletromagnetismo, as leis da física, os ciclos da natureza e o DNA. Estes não estão sujeitos à vontade ou controle do homem. São imutáveis, eternos e se harmonizam com o propósito original da vida. Os princípios mantém a ordem natural e funcional do universo. O homem se beneficia dessa organização inteligente. Cientistas modernos sugerem a existência de um ser supremo, inteligente e generoso, originador dessa perfeita organização e manutenção do universo. Basta observar ao redor para perceber como tudo está interligado num emaranhado de sistemas guiados por estas leis universais.

Encontramos indícios da presença desses princípios na gravidade, que mantém os corpos celestes estabilizados, no magnetismo da lua, que controla os ciclos de migração dos animais e nas marés, na ordem das camadas atmosféricas, que nos protege de gases, objetos e raios nocivos, nas épocas de plantio e colheita, que alimentam os animais e fazem brotar a vegetação, no processo da fotossíntese, que fabrica oxigênio, nas fases de gestação, nos elementos químicos, no cérebro humano. Tudo isso acontece todos os dias e não depende do homem. Se negligenciado, afeta diretamente o equilíbrio da vida em suas quatro dimensões: corpo, mente, coração e espírito.

VALORES

Valores são preceitos de vida que norteiam nosso modo de viver e nossos objetivos, exercendo grande influência na forma como vemos o mundo e as pessoas nele, bem como interagimos com tudo isso.

Os valores são desenvolvidos ao longo da vida a partir das crenças e dos conceitos que somos expostos. Muitos destes se arraigaram e se incorporaram em nossa personalidade. Mas não são nossos e sim de outros. Apartir daí, criamos padrões mentais baseados em nossas percepções, que nada mais são do que uma visão particular da vida, muitas vezes subjetiva. Então, adotamos posturas e condutas parecidas com a que pensamos e acreditamos.

Se analisarmos os princípios universais, temos muito o que pensar. A própria natureza cobra o tributo daqueles que renegam seu propósito original. A mente humana está confusa, e como tal, produz critérios confusos. Ao observar a natureza encontramos muitas respostas. É como 2+2=4 na matemática. Ninguém pode mudar as regras do jogo. As espécies têm funções estabelecidas no DNA. Ninguém pode alterar essa regra. Quem tenta burlar a própria natureza engana apenas a si mesmo. O nosso corpo não é uma mera embalagem descartável. Ele faz parte de um complexo sistema que chamamos de vida. O que pensamos, sentimos ou ingerimos reflete diretamente na aparência e na estrutura física que temos.

As leis são como trilhas de um mapa que mostram detalhes do caminho. Os princípios, como uma bússola, apontam na direção certa. Os valores, como um farol, norteiam o caminho a seguir. O coaching prepara o indivíduo para pensar de forma sistêmica e racional, através de um looping de perguntas de reflexão conhecido como maiêutica socrática. O coach, profissional que aplica o coaching, conhece bem o poder do foco e da neuroplasticidade, capacidade de expandir a consciência. O coaching ajuda a ter clareza nas decisões, viver no presente, identificar crenças limitantes, desenvolver inteligência emocional, alcançar objetivos e ter foco, dentre outros. Todos nós temos estes recursos naturais. Mas não temos um timer, ou programa, que indique a hora e a maneira certa de agir. Precisamos desenvolver isso.

 

Autor: Edson S. Lima

Edson S. Lima é Consultor e Analista Comportamental, Mental Coach, Trainer e autor de conteúdo​ digital.
Contato: edsonslima.rh@gmail.com
https://m.facebook.com/CoachEdsonLima
@coach_edsonlima